Trump revela data do encontro com Kim Jong-un

Trump revela data do encontro com Kim Jong-un

Trump revela data do encontro com Kim Jong-un

As declarações de Trump ocorrem depois de o "The Wall Street Journal", citando fontes do governo, ter revelado que a Coreia do Norte informou aos EUA que Kim está aberto e preparado para falar sobre a desnuclearização, condição exigida pela Casa Branca. O ditador referiu-se ao encontro inédito com a expressão "perspectivas de diálogo".

Nas últimas semanas, o presidente norte-americano Donald Trump e o líder norte-coreano Kim Jong-un concordaram em se reunir para conversar sobre a desnuclearização do país asiático.

"Estamos cientes de que o contato entre Coreia do Norte e Estados Unidos está indo bem", disse outro funcionário da Casa Azul que pediu anonimato.

Vereadores prestam depoimento à Polícia Civil — Caso Marielle Franco
Marcello Siciliano foi ouvido pelos investigadores da DH sobre o morte de Marielle e de Anderson na última sexta-feira. Siciliano foi um dos oito vereadores da Câmara do Rio chamados para depor na condição de testemunhas.

Em vantagem, Barcelona visita Roma para definir classificação na Liga dos Campeões
Dzeko, que infernizou a zaga do Barcelona atuando como pivô, invadiu a área e só foi parado por Piqué com um golpe de judô. Já aos 37 minutos, o zagueiro Manolas desviou cobrança de escanteio de Under e marcou o gol da classificação da Roma .

Ronaldo explica golo monumental na primeira pessoa — Vídeo
Ajudei a equipe com dois gols, foi uma ótima noite - disse o atacante em entrevista à Uefa. Estou muito feliz e emocionado.

Kim Jong-Un irá encontrar-se com o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-In.

Ao escolher Pequim para sua primeira viagem, interpretou-se que Kim tentava se aproximar de Xi, num momento em que este se tornou o líder chinês mais forte das últimas décadas, inclusive sem ter mais que se submeter ao limite de dois mandatos presidenciais imposto aos seus antecessores.

O líder norte-coreano também expôs no encontro "questões estratégicas e táticas que a República Popular Democrática da Coreia (nome oficial do país) terá de manter, incluindo a futura política de relações internacionais e a orientação que lhes corresponde", destacou a KCNA, sem detalhar as mesmas. Trump, que trocou ameaças com Kim no ano passado, surpreendeu o mundo concordando rapidamente em se encontrar com Kim para tratar da crise provocada pelo desenvolvimento norte-coreano de armas nucleares capazes de atingir os EUA. Além disso, o evento aconteceria sem os meses de trabalho prévio geralmente registrados para cúpulas deste tipo.

Related news