Em Barcelona, Dilma denuncia "golpe" com prisão de Lula

Em Barcelona, Dilma denuncia

Em Barcelona, Dilma denuncia "golpe" com prisão de Lula

Dilma está na Europa a convite de universidades e entidades acadêmicas.

A prisão do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva no último dia 7 intensificou no País a imensa crise política, em nova etapa do golpe de Estado iniciado com o impeachment fraudulento da presidenta Dilma Rousseff. Querem impedi-lo de reconquistar pelo voto direto e popular a Presidência da República.

Dilma afirma que o Brasil "segue dividido", com risco de implementação em definitivo de um "Estado de Exceção", e que Lula foi preso porque é líder na corrida presidencial.

Na terça-feira (10), Dilma fala em conferência na Casa de América em Madri.

Ao mesmo tempo, a mobilização contra sua prisão, com milhares de pessoas reunidas em torno do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e uma expressiva presença de operários da categoria e de explorados dos mais diversos setores, muitos deles se opondo à orientação dada pelo PT e pelo próprio Lula de se entregar para a prisão, junto com as manifestações em todo o País contra esta arbitrariedade mostram uma crescente tendência de luta, de sair às ruas contra os golpistas, de enfrentar e não aceitar o aprofundamento do regime golpista com a prisão de Lula e a cassação de seus direitos políticos (e de todo o povo brasileiro).

Com Beth e Carlos Alberto Serpa Gisella Amaral primeira a chegar e a partir
Com Beth e Carlos Alberto Serpa Gisella Amaral primeira a chegar e a partir

A presidente eleita também concedeu uma entrevista ao jornal espanhol El País, publicada nesta quarta, na qual reitera que o ex-presidente Lula será o candidato do PT nas eleições presidenciais, mesmo estando preso. Rousseff considera ainda que Lula é "inocente" e que a sua detenção faz dele um preso político. "E, neste artigo, no inciso 57 está previsto que ninguém pode ser considerado culpado se sua sentença não transitou em julgado", citou a ex-presidente.

Dilma defendeu também que a prisão só ocorra depois de esgotados todos os recursos. "É o que chamamos do direito constitucional da presunção de inocência".

Além de Iglesias, também estiveram presentes na reunião com a ex-presidenta do Brasil outros líderes da coalizão Unidos Podemos, como a porta-voz Irene Montero (porta-voz da bancada no Parlamento), Pablo Bustinduy (secretário de Relações Internacionais), Txema Guijarro (líder da bancada), Ione Belarra (porta-voz adjunta), Alberto Garzón (coordenador federal da Esquerda Unida) e Lucia Martín (porta-voz do movimento catalão En Comú Podem, aliado regional do Podemos). Pela jurisprudência, em caso de empate, prevalece a tese de in dubio pro reo.

Segundo Dilma, Lula é vítima do uso do lawfare, da Justiça do inimigo, que usa dos instrumentos jurídicos disponíveis para perseguir adversários políticos.

Dilma disse que trata-se de "impedir" que Lula concorra às eleições presidenciais de outubro, já que está na liderança em "todas as pesquisas"; é "inocente" e foi condenado em um processo "sem nenhum fundamento".

'''Pantera Negra''' bate recorde de '''Titanic''' na bilheteria norte-americana
Não demorou muito e veio o sétimo episódio de "Star Wars" em 2015, com seus US$ 936,6 milhões ganhos na terra do Tio Sam. Pantera Negra bateu Titanic e se tornou a terceira maior bilheteria da história nos Estados Unidos.

PT reafirma candidatura de Lula mesmo após prisão
O discurso de que Lula é alvo de um golpe para impedir sua volta ao Planalto é o principal argumento para tirá-lo da prisão. A presidente do PT disse também que autoridades internacionais e congressistas querem se encontrar com Lula no Paraná.

Ferramenta secreta para apagar mensagens depois de enviadas abre nova polémica — Facebook
Confrontada com esta informação, a rede social respondeu que foi por uma questão de segurança. As respostas, paradoxalmente, continuam a existir.

Related news