Caixa reduz juros e amplia valor do financiamento da casa própria

Caixa reduz juros e amplia valor do financiamento da casa própria

Caixa reduz juros e amplia valor do financiamento da casa própria

A Caixa possui cerca de R$ 82,1 bilhões destinados ao financiamento de habitações para 2018.

O aumento no teto de financiamento de 50% para 70% para imóveis usados vale para contratos pelo SAC (Sistema de Amortização Constante), em que o valor das parcelas cai ao longo do tempo.

A última redução de juros aconteceu em novembro de 2016, quando a Caixa anunciou queda de 0,25 ponto percentual ao ano para todas as linhas. A taxa caiu de 10,25% ao ano para 9% e abrange empréstimos enquadrados no Sistema Financeiro de Habitação (SFH), que tem juros limitados a 12% ao ano.

Com a redução dos juros mínimos cobrados em suas linhas de crédito imobiliário, a Caixa voltou a oferecer a taxa mais barata para imóveis enquadrados no SFH.

PF deflagra operação que combate fraudes em fundos de previdências municipais
Em Rondonópolis, a PF vasculha o Instituto Municipal de Previdência (Impro), localizado na avenida Presidente Kennedy. São investigados desvio de dinheiro e fraude em fundos de pensão de servidores municipais em várias localidades.

Cuba defende Maduro e Lula na Cúpula das Américas
Ratificaram que "eleições que não cumprirem essas condições carecerão de legitimidade e credibilidade". O presidente brasileiro, Michel Temer, criticou Maduro, mas não antecipou posição sobre o tema.

Mulher esfaqueada em shopping segue internada — RJ
Em depoimento na delegacia, parentes disseram que o casal se separou há duas semanas, conforme informou o RJTV. Câmeras de segurança do shopping mostram Andreza e o ex-companheiro conversando tranquilamente.

Segundo o presidente da Caixa, Nelson Antônio de Souza, a redução das taxas de juros facilita o acesso à casa própria, além de estimular o mercado imobiliário e a geração de empregos. Essas foram as principais mudanças promovidas pela Caixa Econômica Federal (CEF), resultando em uma maior facilidade na aquisição da casa própria. O menor percentual de entrada era do Bradesco (9,3% ao ano). "Isso, sem dúvidas, vai mexer com o mercado imobiliário", apontou Josino. A instituição retomou, ainda, o financiamento de operações de interveniente quitante (imóveis com produção financiada por outros bancos) com cota de até 70%. A cota nestes casos é de até 70%. "Vamos dar mais oportunidades para o nosso cliente", destacou o gerente regional.

A economia é obtida na compra de um imóvel de 1 milhão de reais, no qual 700 mil reais sejam financiados no banco. Isso ajuda o mercado, claro. E quanto ao imóvel usado, as pessoas às vezes vendem o usado para comprar o novo. O aumento da porcentagem do imóvel usado deve movimentar o mercado de maneira geral, acredita o presidente do Sinduscon. São muito interessantes as medidas e a gente aplaude, esperando que o juro caia ainda mais.

Para se enquadrar na modalidade, é necessário comprovar, no mínimo, 36 meses de trabalho sob o regime do FGTS (não necessariamente consecutivos) ou saldo em conta vinculada de, no mínimo, 10% do valor da avaliação do imóvel, não podem ser proprietários de imóvel no município (ou região metropolitana) onde moram ou onde trabalham, nem ser detentores de financiamento no SFH em qualquer parte do país, tanto para imóvel novo e usado.

É importante ressaltar que essa é a taxa mínima de juros cobrada pela Caixa para quem não tem relacionamento anterior com o banco.

Related news