Juros médios sobem apesar de cortes na Selic e inadimplência menor

Juros médios sobem apesar de cortes na Selic e inadimplência menor

Juros médios sobem apesar de cortes na Selic e inadimplência menor

Mas a ata tirou um pouco o fôlego de quem começava a projetar um corte de juros para além do Copom de maio.

Explicada a clara sinalização para a próxima reunião do Copom, o BC se debruçou então sobre os passos seguintes. O boletim Focus também reduziu a expectativa para o IPCA de 2019, o valor antes registrado em 4,20% passou para 4,10%, se afastando da meta de 4,25%.

Parte desse ajuste adicional, diz a ata, foi implementada com a redução dos juros básicos da economia decidida na semana passada, de 6,75% ao ano para 6,5% ao ano. Ou, nas palavras do Copom, "mitiga o risco de postergação da convergência da inflação rumo" ao objetivo. E destacou, na ata, que para sua reunião de junho, o horizonte relevante para a condução da política monetária já estará majoritariamente concentrado em 2019. Atualmente, essa taxa está em 6,5% ao ano, o menor patamar da história. Depois, sobre a evolução da economia, impulsionada com a ajuda da política monetária mais frouxa operada no momento, mas assentada sobre o campo minado das questões fiscais e das brumas na arena político-eleitoral. "Para reuniões além da próxima [maio], salvo mudanças adicionais relevantes no cenário básico e no balanço de riscos para a inflação, o Comitê vê como adequada a interrupção do processo de flexibilização monetária", explica.

Fachin diz em entrevista à Globonews que sua família tem recebido ameaças
Fachin construiu sua carreira no Paraná e é membro do Supremo desde 2015. Não é a primeira situação do tipo envolvendo a Lava Jato neste ano.

As desculpas de Zuckerberg
Não é surpresa que o Facebook possua um vasto conhecimento dos interesses sobre todos os utilizadores registados na rede social . O escândalo sobre a forma como o Facebook lida com a informação dos utilizadores colocou a empresa perante uma pressão maior.

'Fábrica' de ovos de Páscoa recheados com maconha é fechada
As barras de chocolate apresentaram uma queda no preço médio de -4,25%. "É possível comprar chocolate belga pelo preço de um ovo". Enquanto em um estabelecimento o produto custava R$ 54,90, em outro o valor era de R$ 39,49 (diferença de R$ 15,41).

"Os membros do Comitê manifestaram o entendimento de que a conjuntura econômica com expectativas de inflação ancoradas, medidas de inflação subjacente em níveis baixos, projeções de inflação abaixo da meta para 2018 e em torno da meta para 2019, e elevado grau de ociosidade na economia prescreve política monetária estimulativa, ou seja, com taxas de juros abaixo da taxa estrutural". Mas membros do Copom acham que são altas o suficiente as chances de um cenário mais benigno que o esperado, a ponto de pedirem que a porta não seja fechada para seguir com os cortes de juros em junho. A mediana das previsões do mercado financeiro para o indicador este ano foi de 4,93% para 4,90%. Em relação a 2018, a estimativa para a inflação medida pelo IPCA caiu para 3,8%, ante 4,2% no encontro de fevereiro. Na segunda-feira, a curva de juros embutia a probabilidade de uma primeira alta de juros já no último trimestre deste ano, com um aperto adicional de 2,5 pontos porcentuais em 2019.

O recado consta em ata divulgada nesta terça-feira (27) referente à reunião da semana passada que resultou em redução de 0,25 ponto percentual na Selic, de 6,75% ao ano para 6,50% ao ano.

Related news