Juízes federais param hoje

Juízes federais param hoje

Juízes federais param hoje

Mesmo se vencerem o julgamento sobre o auxílio-moradia, no Supremo Tribunal Federal (STF), próximo dia 22, juízes e procuradores federais que promovem greve hoje (15) por causa do benefício vão enfrentar fortes reações contrárias no Congresso Nacional.

O secretário da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Rodrigo Coutinho, disse que os magistrados sofrem um "bombardeio" da imprensa e pediu que os colegas "não se envergonhem" ao receber o benefício. No Rio, o ato será realizado no Fórum Central de Justiça (Avenida Rio Branco, 243 - Centro), à partir das 14h30.

De acordo com estimativas apresentadas pela Organização Não Governamental "Contas Abertas", desde meados do mês de setembro de 2014 até o mês de dezembro do ano de 2017, o auxílio-moradia teria custado cerca de R$ 5 bilhões aos cofres da União e dos estados brasileiros, ao se considerar que os benefícios são destinados a cerca de 30 mil pessoas, já que seriam aproximadamente 17 mil magistrados federais e 13 mil membros integrantes do Ministério Público Federal em todas as suas áreas de atuação.

Inicialmente, a paralisação havia sido convocada pela associação de juízes federais (Ajufe). "A AMB defende e continuará a defender a melhoria na remuneração da magistratura brasileira, mas o fará sem comprometer os valores mais caros para o Judiciário e para a República", diz trecho da nota divulgada pela associação.

As reivindicações são complexas.

Uma ação sobre a manutenção do benefício está prevista para ser julgada este mês no Supremo Tribunal Federal, em Brasília.

Eles afirmam que a pauta é pela igualação dos subsídios entre a magistratura da União e estadual, pelo cumprimento da revisão anual do subsídio, e para "mostrar a retaliação que vêm sofrendo".

Trump ordena que Broadcom interrompa oferta pela Qualcomm
A negociação está ocorrendo há alguns meses, sempre com respostas negativas da Qualcomm , que exige mais dinheiro pela transação. Em novembro, a Broadcom fez uma proposta de US$ 103 bilhões para comprar a Qualcomm , que foi rejeitada pela empresa americana.

Tite divulga os convocados para amistosos contra Rússia e Alemanha
Em entrevista coletiva, após o anúncio da lista, o técnico fugiu de pergunta sobre uma definição de quem vai à Copa . William José, de 25 anos, tem se destacado no Real Sociedad durante toda a temporada no Campeonato Espanhol.

Paulistão: Jardine poupa trio titular no São Paulo e relaciona jovem Liziero
O São Paulo já está classificado para a próxima fase do Campeonato Paulista e vai enfrentar o São Caetano nas quartas-de-final. Vanderlei Luxemburgo, Luiz Felipe Scolari e Cuca foram os nomes mais repetidos por quem queria mudança no comando tricolor.

Os grevistas não contaram, no entanto, as próprias benesses.

"O debate que se dá, por exemplo, em torno do [pagamento do] auxílio moradia acontece de uma forma muito seletiva".

Para Carlos Eduardo de Freitas, ex-diretor do Banco Central, "fazer greve neste momento é um equívoco".

RegulamentaçãoMais de 17 mil juízes, desembargadores e ministros de tribunais superiores recebem auxílio-moradia no país.

O deputado Rubens Bueno, relator do projeto que regulamenta o teto do serviço público (R$ 33,7 mil), entende que o movimento, embora disfarçado, é pelo auxílio-moradia.

"O que eles estão fazendo é um escárnio com o trabalhador brasileiro e com os mais de 13 milhões de desempregados do País que, em muitos casos, não tem nem onde morar", esbravejou Bueno. "O auxílio-moradia sem critério é um privilégio que tem que acabar". Os representantes das categorias mobilizadas negam que a intenção seja essa. "É uma exigência da sociedade e um dever daqueles que têm compromisso com o bom uso do dinheiro público", destacou.

Related news