Cinzas de Hawking serão enterradas ao lado de Newton e Darwin

Cinzas de Hawking serão enterradas ao lado de Newton e Darwin

Cinzas de Hawking serão enterradas ao lado de Newton e Darwin

As cinzas de Stephen Hawking serão enterradas na Abadia de Westminster, no Reino Unido, perto das sepulturas de Charles Darwin e de Isaac Newton, avança o The Independent. A informação foi dada pela igreja de Westminster, através de um comunicado divulgado na última terça-feira, 20.

A data do enterro dos restos mortais de Hawking, na abadia, entretanto, ainda não é conhecida, devendo ocorrer ainda neste ano.

O corpo era limitado por uma doença degenerativa desde o início da idade adulta, mas a mente do gênio Stephen Hawking, morto na semana passada aos 76 anos, continuou ativa até o fim da vida. No entanto, a família de Hawking afirmou que uma missa será realizada em homenagem ao físico no próximo dia 31 de março, na igreja de Saint Mary, que pertence à Universidade de Cambridge, onde Hawking trabalhou por décadas.

Outono começa hoje e com homenagem do Google
A aposentada Jacira dos Santos Lisboa de Paula, 56 anos, também buscou a sombra para sentar no ponto de ônibus no Paço Municipal. No inicio do mês já haverá chuvas fortes, que vão desde o Centro-Sul do país chegando até o sul da Amazônia.

Bispo de Formosa é preso em operação contra desvios na Igreja Católica
O grupo que contesta as contas informou que não recolheria o dízimo até que as medidas fossem atendidas. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso.

Bragantino surpreende Corinthians e vence por 3 a 2 no Pacaembu
Hoje não funcionou, mas precisamos de uma vantagem de um gol para levar a decisão para os pênaltis e dois para obter a vaga. Antes, Fagner já tinha sido destaque ao ser xingado por um membro da comissão técnica do Bragantino que estava no banco.

"A vida e o trabalho do nosso pai significaram muitas coisas para muitas pessoas, religiosas e não religiosas, e é por isso que o serviço será inclusivo e tradicional, refletindo a amplitude e a diversidade de sua vida", acrescentaram. O anúncio foi feito pelo Reverendo John Hall, Decano de Westminster, que, segundo o The Guardian, disse ser "totalmente adequado que os restos mortais do Professor Stephen Hawking seja enterrado perto de outros distinguidos colegas cientistas". Stephen Hawking escreveu 14 livros durante sua carreira. Mais recentemente, o pioneiro da física nuclear Ernest Rutheford, e Joseph John Thomson, que descobriu os elétrons, foram enterrados em Westminster em 1937 e 1940, respectivamente.

O cientista, conhecido por seu trabalho na área da relatividade, é autor de grande parte das descobertas da astrofísica moderna, como a nova teoria do espaço-tempo e a radiação dos buracos negros.

Related news