ONU abre investigação sobre supostos ataques químicos na Síria

ONU abre investigação sobre supostos ataques químicos na Síria

ONU abre investigação sobre supostos ataques químicos na Síria

Segundo a apuração do Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), pelo menos 63 pessoas, entre elas 14 menores de idade e 20 mulheres, morreram hoje pelos ataques aéreos contra várias partes da região; uma cifra que Orabi elevou para 67.

Segundo a entidade, ataques aéreos e disparos de artilharia do governo sírio atingiram as cidades de Douma, Beit Sawa e Hammouriyeh, nos subúrbios controlados pelos insurgentes.

O cessar-fogo é letra morta.

Nas mensagens, Damasco insta os dois representantes a forçarem a coligação anti-'jihadista' internacional a parar os atos criminosos e os ataques que tiraram a vida de milhares de civis nos últimos três anos.

Iniciado em março de 2011 com a violenta repressão de manifestações pacíficas contra o regime de Bashar al-Assad, a guerra na Síria já fez mais de 350.000 mortos, incluindo mais de 100 mil civis, e milhões de refugiados.

Nakamitsu, que também é chefe do Escritório das Nações Unidas para Assuntos de Desarmamento (UNODA), disse ao Conselho de Segurança que ainda há trabalho a ser feito para implementar plenamente a resolução 2118 do Conselho e para que a comunidade internacional tenha confiança de que o programa de armas químicas da Síria foi totalmente eliminado.

Forças Armadas participam de operação na região metropolitana do Rio
Além disso, foram apreendidos três fuzis e duas pistolas, além de três carros, sete motos, drogas e munição. Os agentes de segurança estão responsáveis pelo cerco, desobstrução de vias e ações de estabilização.

Marquezine revela presente para Neymar e craque entrega: 'Estou casado'
O modelo, cheio de recortes e costas nuas, deixou o corpo escultural da atriz à mostra, sem perder a elegância. O DJ brasileiro Alok também se apresentou e colocou os convidados para dançar na pista de dança.

Mercados europeus acompanham queda de Wall Street
No Brasil, o noticiário corporativo ajudou o Ibovespa a se desacolar das bolsas globais e se manter no azul. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) subiu 13 por cento.

A evidência de uso ou utilização provável de armas químicas proibidas na Síria deve ser respondida com uma atitude significativa no Conselho de Segurança, disse a chefe de assuntos de desarmamento das Nações Unidas na segunda-feira (5). Esta última acusação foi desmentida pelo regime sírio.

Em 22 de janeiro, o OSDH informou a ocorrência de 21 casos de asfixia.

O Departamento de Estado apelou "a todas as partes a comprometerem-se em favor de uma diminuição incondicional de violência e o acesso humanitário total, para fazer face à catástrofe humanitária criada pelos ataques brutais do regime de Bashar al-Assad nesta região".

Há provas evidentes para confirmar o recurso ao cloro, disse na segunda-feira a embaixadora americana na ONU, Nikki Haley.

Após uma breve pausa hoje, os bombardeamentos visaram diversas localidades de uma vasta região de Ghouta oriental, próximo de Damasco, onde 400.000 habitantes permanecem bloqueados em condições humanitárias dramáticas, referem correspondentes da agência noticiosa France-Presse (AFP).

Related news