Kim Jong-un convida presidente sul-coreano para reunião em Pyongyang

Kim Jong-un convida presidente sul-coreano para reunião em Pyongyang

Kim Jong-un convida presidente sul-coreano para reunião em Pyongyang

Além da irmã do ditador, o sul-coreano Moon encontrou-se com Kim Yong Nam, o chefe de Estado nominal do Norte (um cargo puramente cerimonial, já que o poder está nas mãos de Kim Jong -un).

O presidente sul-coreano e sua mulher receberam os convidados, um a um.

Por sua vez, o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, vai liderar a delegação americana no evento esportivo, que começa amanhã e que está supondo um momento histórico de descongelamento nas relações entre as duas Coreias pela participação negociada de atletas e representantes de Pyongyang.

Ela será o primeiro integrante da família que governa a Coreia do Norte a visitar o país. O recém-chegado presidente Moon Jae-in defende uma via de mais diálogo com Pyongyang e pretende usar os Jogos Olímpicos de Inverno para criar novos canais de contacto. Esta é a primeira vez em que um membro da dinastia Kim vai ao vizinho do sul.

De forma simbólica, os discursos inaugurais dos responsáveis da Coreia do Sul e do COI foram feitos com a comitiva coreana por trás.

Ela foi vista acompanhando Kim Jong-Un em "visitas de orientação" e coordenava as operações de propaganda do partido.

Fachin quebra a defesa de Lula no Supremo — Análise
A defesa do petista quer evitar uma eventual prisão em razão da condenação em segunda instância no caso do tríplex do Guarujá. Ao negar o primeiro pedido, Edson Fachin explicou que a ação ainda não teve análise de mérito (mais aprofundada) no STJ.

S.Korea seeks understanding for breaking NK sanctions
North and South Korea will march together under one flag at Friday's opening ceremony and field a unified women's ice hockey team. According to CNN , Kim Jong-Un's sister Kim Yo-Jong, who is 30-year-old, was in 2017 promoted to the Politburo of North Korea .

Marquezine revela presente para Neymar e craque entrega: 'Estou casado'
O modelo, cheio de recortes e costas nuas, deixou o corpo escultural da atriz à mostra, sem perder a elegância. O DJ brasileiro Alok também se apresentou e colocou os convidados para dançar na pista de dança.

Tanto assim é que a comunicação social da Coreia do Sul, aponta o The New York Times, apelida Kim Yo-Jong de "Ivanka de Kim Jong-Un", comparando a relação - até pela alegada influência que exerce - que a coreana tem com o irmão com a aquela que Ivanka Trump tem com o presidente dos Estados Unidos e pai, Donald Trump.

As autoridades sul-coreanas acreditam que hackers da Coreia do Norte roubaram dezenas de milhões de dólares em criptomoedas em 2017, de acordo com notícias locais.

A presença de Kim Yo-jong nesta delegação "pode ser interpretada como parte da ofensiva de paz para mostrar que [a Coreia do Norte] pode exercer o papel de Estado normal, mesmo com armas nucleares", sublinha o professor da Universidade Global de Handong, citado pela agência Yonhap. "A crise na Península Coreana não será resolvida com eventos esporádicos como jogos esportivos ou encontros intercoreanos".

Os Estados Unidos já haviam criticado o fato de o desfile militar norte-coreano ter sido transferido para esta quinta-feira.

Uma equipe unificada de hóquei sobre o gelo vai competir nesta edição com jogadoras de ambos os países.

Related news