Esquiadores sul-coreanos treinam na Coreia do Norte

Esquiadores sul-coreanos treinam na Coreia do Norte

Esquiadores sul-coreanos treinam na Coreia do Norte

O Kremlin anunciou hoje a organização de uma competição para os desportistas russos proibidos de participar nos Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang, de 9 a 25 de fevereiro, devido ao escândalo de doping que assola o país.

O Tribunal Arbitral do Desporto levantou a suspensão imposta aos atletas russos por suspeitas de doping cometido durante os Jogos Olímpicos de 2014 em Sóchi, está a noticiar a CNN.

Na próxima semana, em Pyeongchang e pela primeira vez em uma Olimpíada de Inverno, as Coreias do Norte e do Sul jogarão unificadas com o time feminino de hóquei, como parte de esforços de unidade articulados por autoridades sul-coreanas. Atletas norte-coreanos também competirão nas modalidades de patinação artística, trilha curta e esqui. As delegações dos dois países também tinham entrado juntas na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de 2004, em Sidney, e de 2004, em Atenas.

A comitiva, composta por 10 esportistas, 3 treinadores e outros 18 membros de apoio, e liderada pelo vice-ministro de Esportes norte-coreano, Won Kil-un, chegou no aeroporto internacional de Yangyang às 6h09 local (19h09 de quarta-feira, em Brasília), segundo confirmou um porta-voz do Ministério de Unificação de Seul.

Pabllo Vittar lança clipe onde aparece como homem e beija DJ Diplo
Nas cenas, Pabllo aparece trajando um maiô com as cores do arco-íris, andando pela mata e dançando muito à beira de um rio. A música em questão é Então vai , parceria da drag queen com o norte-americano Diplo .

"Brasil está inviabilizado se não houver reforma da Previdência", afirma ministro
Um dos imprescindíveis aliados de Temer, o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirmou que, se a reforma não for votada neste mês, o governo não tem a intenção de insistir indefinidamente.

Denúncia não tem fundamento, diz advogado
A assessoria de Cristiane Brasil afirmou também que, se o inquérito ficou parado, as responsabilidades devem ser apuradas. A reportagem publicada ontem tem como base o inquérito policial encaminhado à Procuradoria-Geral da República.

Mais tarde, o presidente americano se reuniu com seis desertores norte-coreanos, entre eles Ji Seong-ho, um dos protagonistas do discurso de Trump sobre o Estado da União na última terça-feira. Ele caiu nos trilhos após desmaiar por desnutrição.

No entanto, essa equipe não tem aprovação de todos na Coreia do Sul.

Trump pediu que cada um dos convidados contassem sua experiência pessoal na Coreia do Norte e como conseguiram fugir do regime comunista.

Related news