China acusa EUA de desprezar relações com América Latina

China acusa EUA de desprezar relações com América Latina

China acusa EUA de desprezar relações com América Latina

Não houve anúncios concretos, ainda que, em reunião no domingo (4) com o chanceler Jorge Faurie e outros ministros, Tillerson afirmou que trataria com os líderes latino-americanos de "formas de acelerar o fim da crise na Venezuela", e que entre as opções estudadas estavam sanções por meio da interrupção da compra de petróleo por parte dos Estados Unidos.

Na semana passada, a China disse que os EUA estão desrespeitando a América Latina pelo fato de Tillerson ter alertado países da região sobre a dependência excessiva dos laços econômicos com Pequim.

Em seguida, Tillerson voltou sua mira para a Rússia, dizendo que "a crescente presença russa na América Latina é alarmante também, porque continua vendendo armas e equipamento militar a regimes hostis que nem compartilham, nem respeitam os valores democráticos", disparou.

Tillerson lembrou que os governos que prestem contas ao seu povo também asseguram sua soberania em frente a possíveis predadores.

"Embora este comércio tenha trazido benefícios, as práticas comerciais injustas usadas por muitos chineses também prejudicaram setores industriais destes países, gerando desemprego e diminuindo salários para trabalhadores", disse o secretário de Estado norte-americano.

"Nossa região deve estar em guarda contra os poderes distantes que não refletem os valores fundamentais da região".

Lucas não sabe mais se indica Gleici ao paredão

Saiba onde assistir: Universidad Concepción-CHI x Vasco ao vivo
Aos 29 minutos, Santiago Silva se livra da marcação vascaína e cabeceia, a bola passa triscando a trave do goleiro Martin Silva. Outra opção é Rildo, vice artilheiro do Coritiba no Brasileirão do ano passado, com seis gols e 32 jogos como titular.

'Superlua azul de sangue' será visível na América do Norte nesta quarta
Infelizmente o eclipse só poderá ser visto em alguns pontos do extremo norte, mas a super lua tocará os corações democraticamente. Em Portugal, a Lua Azul nasce logo após as 18:00 (hora de Lisboa), logo após o pôr-do-sol (previsto para as 17:57).

"Os Estados Unidos se posicionam em contraste vívido". Não buscamos acordos a curto prazo com lucros assimétricos.

O governo da #Venezuela condenou nesta sexta-feira (02) o discurso do secretário de Estado dos #EUA, Rex Tillerson, sugerindo a possibilidade de um #Golpe militar para derrubar Nicolás Maduro da presidência do país.

Em um discurso na Universidade do Texas, o chefe da diplomacia dos Estados Unidos insistiu que, embora o governo de Donald Trump não esteja defendendo uma "mudança de regime" na Venezuela, seria "mais fácil" se Nicolás Maduroescolhesse por conta própria deixar o poder.

"Não podemos permitir a destruição da Venezuela", disse ele, antes de insistir que o "desacordo" da Argentina e dos Estados Unidos é "com o regime" de Maduro e não com a população, que está "sofrendo enormemente".

"Na história da Venezuela e de países da América do Sul são frequentes as vezes em que os militares são o agente da mudança quando coisas estão muito ruins e a liderança não pode mais servir ao povo", disse Tillerson.

Related news