Zuckerberg Estudará Criptomoedas Visando Descentralizar o Facebook

Zuckerberg Estudará Criptomoedas Visando Descentralizar o Facebook

Zuckerberg Estudará Criptomoedas Visando Descentralizar o Facebook

Mas o objetivo que estabeleceu para este ano, apanhou de surpresa até os menos perplexos: Mark Zuckerberg quer "consertar" o Facebook. Conforme explica numa partilha na rede social, foi assim que construiu uma inteligência artificial para a sua casa, leu 25 livros e aprendeu mandarim.

Além disso, hoje (04) a companhia anunciou que está investindo em dois projetos que visam combater a disseminação de notícias falsas no Brasil, o que pode ser entendido como uma ação para evitar que o que aconteceu nos EUA se repita por aqui nas eleições presidenciais de 2018. Zuckerberg acrescenta ainda: "garantir que o tempo despendido no Facebook é tempo bem gasto". I've visited every US state, run 365 miles, built an...

Para quem, em 2009, tinha como meta garantir que o seu projeto era rentável e noutro ano se dedicou a aprender uma língua estrangeira, os objetivos de 2018 podem parecer mais genéricos e menos pessoais, e Zuckerberg é o primeiro a admiti-lo.

"Meu desafio pessoal para 2018 é focar em resolver esses problemas importantes", afirmou. Mas os erros cometidos são muitos, e o criador da rede social assume isso, ao associar as falhas cometidas às atuais políticas de prevenção e o uso indevido das ferramentas disponíveis - o que significa que, embora as intenções sejam boas, na prática a abordagem de casos de material sensível precisa de melhores diretrizes.

Trump, Kim Jong-un e o tamanho do botão nuclear
Ele ainda falou sobre a Coreia do Sul , que sedia os jogos de inverno neste ano. "Isso não é chantagem, mas realidade". Em seu discurso de Ano Novo, o líder norte-coreano , Kim Jong-un avisou que tem um "botão atômico" à disposição.

Prefeito pede apoio do Exército para julgamento do ex-presidente Lula
A Presidência da República encaminhou o pedido do prefeito para análise técnica dos Ministérios da Defesa e da Justiça. A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann , reagiu às declarações do prefeito.

Banco Central faz previsão de maior crescimento econômico em 2018
A previsão do relatório para a entrada de investimentos estrangeiros diretos no Brasil, em 2017, continuou em US$ 80 bilhões. A previsão de 1 % para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) em 2017 não era vista desde novembro de 2016.

Ele ressaltou que a criptografia e as criptomoedas representam "contra-tendências" em relação a uma das questões mais interessantes atualmente: centralização contra a descentralização.

O fundador do Facebook afirma que "muitas pessoas já não acreditam nessa promessa", de a tecnologia devolver o poder às pessoas. Com o advento de um pequeno número de grandes empresas de tecnologia e o uso cada vez mais frequente da tecnologia de monitoração dos cidadãos pelo estado, as pessoas estão convencidas de que é mais provável que a tecnologia contribua cada vez mais para a centralização.

O blockchain é um método que depende de uma rede de computadores conectados autenticando transações ou outras tarefas, de modo que o poder de decisão não fica centralizado em só uma máquina ou servidor.

No entanto, há "contra correntes" a este fenómeno, diz Zuckerberg, "como as criptomoedas". No entanto, ele quer aprofundá-los para determinar a melhor maneira de aplicá-los em seus serviços.

Related news