Prévia da inflação em Fortaleza registra taxa de 0,43%

Prévia da inflação em Fortaleza registra taxa de 0,43%

Prévia da inflação em Fortaleza registra taxa de 0,43%

É a quinta maior alta entre as capitais pesquisadas, ficando atrás de São Paulo (0,52%), Curitiba (0,52%), Rio de Janeiro (0,48%) e Porto Alegre (0,45%).

A diferença do IPCA-15 para o IPCA é o período em que os preços são coletados. Os preços de alguns produtos subiram bastante, inclusive invertendo a queda registrada em dezembro, como o tomate (19,58%), a batata-inglesa (11,70%) e as frutas (4,39%).

Quanto à alimentação fora de casa, os preços variaram desde uma queda de 0,97% na região metropolitana de Porto Alegre até uma alta de 2,33% em Curitiba. Outros que vinham caindo intensificaram a queda, como o feijão-carioca (de -5,02% para -5,86%) e o leite longa vida (de -0,24% para -1,69%). Para o cálculo do IPCA-15, a coleta de preços ocorreu no período de 14 de dezembro de 2017 a 15 de janeiro de 2018 (referência). O destaque foi a alta de 2,36% no preço da gasolina, item de maior impacto sobre a inflação no mês, o equivalente a uma contribuição de 0,10 ponto porcentual para o IPCA-15 de 0,39% de janeiro.

Redução de imposto nos EUA vai impulsionar o PIB global — FMI
Apesar das expectativas positivas, o Fundo chama a atenção para o impacto que o contexto político incerto pode ter no crescimento mundial.

Déficit na Previdência Social atingiu R$ 268,79 bilhões em 2017
Primeiro quero dizer que a possibilidade de aprovar a Previdência é muito grande, E a reforma não vai sair da pauta. A promessa do governo é que o assunto será encaminhado após a aprovação das mudanças no INSS e no serviço público.

Dragões vencem Tondela e voltam ao 1.º lugar
FC Porto e Tondela defrontam-se a partir das 21h00, em jogo da 17ª jornada da Liga NOS. Em casa, o Porto foi muito superior ao Tondela , que pouco ameaçava o goleiro José Sá.

As despesas das famílias com Transportes aumentaram 0,86% no mês pressionadas também pelo encarecimento do etanol (3,86%), da tarifa de ônibus urbano (0,43%) e de ônibus intermunicipal (0 94%). O resultado se deveu ao retorno da bandeira tarifária verde no mês -que não implica em custo adicional nas tarifas aos consumidores- e deixou as contas de energia elétrica 3,97 por cento mais baratas. No entanto, o barateamento do grupo de habitação ajudou a amenizar a inflação de janeiro.

Os combustíveis ficaram 2,54% mais caros em janeiro, pressionando a inflação medida pelo IPCA-15.

Na direção oposta, as taxas foram menores em Habitação (de 0,43% para -0,41%), Transportes (de 1,16% para 0,86%) e Despesas pessoais (de 0,44% para 0,19%). A queda foi influenciada pela baixa de 7,54% nas tarifas de energia elétrica e de 9,40% na passagem aérea.

Related news