Microsoft admite que correção de Meltdown e Specte pode afetar desempenho

Microsoft admite que correção de Meltdown e Specte pode afetar desempenho

Microsoft admite que correção de Meltdown e Specte pode afetar desempenho

Segundo o The Verge, a Microsoft fez uma pausa na distribuição desse patch para PCs com processadores da AMD, porque alguns deles não conseguem mais fazer boot. Infelizmente, essa atualização trouxe outros problemas. Os chips da AMD são suscetíveis ao Spectre.

Agora, computadores de 2015 com Windows 10 já sentirão uma lentidão perceptível.

As ações da AMD caíram mais de 4% em Nova York.

Oito pessoas morreram e 38 ficaram feridas em explosão em Tondela — Portugal
Estão por identificar mais duas pessoas residentes em Muna, Santiago de Besteiros e de São Joaninho, Santa Comba Dão. O diário avança com outro nome: Anselmo Abreu, também residente em Vila Nova da Rainha.

União Africana condena comentário ofensivo de Trump
Ele sugeriu, ao mesmo tempo, que os Estados Unidos deveriam receber imigrantes de lugares como Noruega. Na véspera, Trump havia se reunido com a primeira-ministra norueguesa.

Merkel alcança acordo para formar governo na Alemanha
Entre outros aspetos, o acordo firmado prevê uma "estreita colaboração com França" para "fortalecer" e "reformar" a zona euro. Os termos do acordo vão ser ainda submetidos aos órgãos dirigentes dos respetivos partidos.

A falha de segurança, descoberta por pesquisadores na semana passada, se deve a um sistema chamado "execução especulativa", que permite que os processadores executem tarefas mais rapidamente. As falhas comprometem a maioria dos tipos de computadores, incluindo celulares e servidores de computação em nuvem. Diz a mesma agência noticiosa que as alternativas à Intel podem ser a AMD, que partilha com a Intel a arquitetura x86, ou chips baseados em tecnologia da ARM Holdings.

Os processadores da AMD não são afetados pela falha de CPU Meltdown, que vem tomando as manchetes desde a última semana, mas a solução para o problema aparentemente pode deixar de joelhos algumas CPUs da fabricante.

"Após investigar, a Microsoft determinou que alguns chipsets da AMD não correspondem aos documentos enviados anteriormente para a Microsoft para desenvolver as mitigações do Windows para proteção contra as vulnerabilidades de chipset conhecidas como Spectre e Meltdown", afirma a empresa de Redmond em um aviso de segurança.

Related news