Messi diz que o Barcelona está mais equilibrado sem Neymar

Messi diz que o Barcelona está mais equilibrado sem Neymar

Messi diz que o Barcelona está mais equilibrado sem Neymar

Conhecido pelo seu estilo mais reservado, é raro observar o atacante argentino Lionel Messi realizando algumas observações pessoais sobre o cenário do futebol na atualidade. Na conversa, o craque do Barcelona falou sobre Neymar, Cristiano Ronaldo e família.

"A saída de Neymar provocou uma mudança em nossa maneira de jogar". Perdemos muito potencial ofensivo, mas ajudou-nos defensivamente. "Atualmente, estamos muito bem organizados no meio-campo, temos mais equilíbrio, algo que nos fez ficar mais fortes na defesa", explicou o craque.

Ainda faltam 15 rodadas para o fim do Campeonato Espanhol, mas uma coisa é certa: o Barcelona é o favorito ao título, pelos 11 pontos à frente do segundo colocado, Atlético de Madrid. Messi apontou os times favoritos para o mata-mata da competição.

"O City é um dos times mais fortes atualmente, assim como o PSG". Foram as equipas mais fortes até agora, mas a temporada é muito longa. Nunca descarto o Real Madrid, pelo que tem e pela sua experiência, apesar de que agora não estão a ter os resultados que todos esperam. O Bayern também é outra grande equipe que estará ali ao fim da temporada. "Mas é verdade que hoje City e PSG estão sendo os melhores", declarou à revista.

Taça da Liga: Gelson é carta fora do baralho para a final
O médio-defensivo realizou uma ressonância magnética, que confirmou a extensão da lesão sofrida no jogo de quarta-feira com o Sporting.

Debate sobre corrupção em campanha eleitoral é normal, diz Temer em Davos
Temer participará do WEF apenas no dia 24, quando ele tem um encontro com Schwab e fará um discurso pela manhã no evento. O Fórum também organiza a "Reunião Mundial dos Novos Campeões" na China e vários encontros regionais durante todo o ano.

Justiça intima PF a explicar algemas em mãos e pés de Cabral
Os procuradores alegavam que o ex-governador recebia "diversos privilégios" no presídio de Benfica, onde estava detido desde maio do ano passado.

Ainda na entrevista à revista, o argentino comentou sobre a Liga dos Campeões, que será retomada em fevereiro, quando enfrentará o Chelsea. Para ele, a equipe espanhola deverá viver um melhor momento em breve. "No fim, eles voltarão a lutar por tudo, graças ao time que têm, aos jogadores que têm e porque sempre o fazem", finalizou.

"Eu não sei. A amizade é algo construído com o tempo passado juntos".

"Não temos qualquer relação".

Related news