Brasileiro Jonatan Moisés detido na Venezuela é libertado

Brasileiro Jonatan Moisés detido na Venezuela é libertado

Brasileiro Jonatan Moisés detido na Venezuela é libertado

Em seu perfil no Facebook, Jonatan Diniz publicou diversos pedidos de doações para a organização, que seriam revertidas para ações de caridade a crianças de baixa renda. A informação que a família recebeu da Venezuela é que o rapaz está bem e recebendo alimentação.

As manifestações do governo brasileiro e de algumas redes de TV só se iniciaram após a insistência nas redes sociais incluindo a comparação com o caso do TRAFICANTE brasileiro condenado a morte na INDONÉSIA, ocasião em que a mídia fez tremendo estardalhaço. Sua detenção foi anunciada em televisão nacional pelo braço-direito do presidente Nicolás Maduro, Diosdado Cabello. "É cada coisa ridícula que eles inventaram para ter motivo para prender", afirmou o irmão do gaúcho, Juliano Diniz a VEJA.

Jonatan estava detido desde o dia 26 de dezembro na sede central do Serviço Bolivariano de Inteligência (Sebin), em Caracas. Ele levava brinquedos, camisetas e bonés que pretendia distribuir durante o Natal.

Por telefone, a mãe Renata Dinz, que mora em Balneário Camboriú, disse que o filho estava muito cansado e que vai contar tudo o que aconteceu aos poucos.

Segundo Cabello, o brasileiro era diretor da ONG Time to Change the Earth, uma fachada para promover nas redes sociais supostas atividades de entrega de alimentos e utensílios que, na verdade, buscavam arrecadar dinheiro para desestabilizar o governo esquerdista de Maduro.

Temer lamenta morte do jornalista Carlos Heitor Cony
Moreira Franco se manifestaO ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, também lamentou a morte de Cony. Moreira lembrou a carreira do jornalista e disse que Cony teve memorável atuação "com militância intelectual e política".

Chinesa Didi Chuxing compra app de corridas 99
O acordo também seria um caso emblemático de venda de start-up, em que negociações que superam os nove dígitos são raras. Em agosto de 2016, quando se acirrava a disputa com a Uber, a companhia lançou a modalidade Pop, de carros particulares.

Caixa reabre linha pró-cotista para financiamento de imóveis
Atualmente, a linha pró-cotista é mais barata para quem não se enquadra nas regras do Programa Minha Casa, Minha Vida. Também será elevado de 50% para 70% o limite de financiamento para imóveis usados.

O Itamaraty informou que o brasileiro Jonatan Moisés Diniz está preso em uma instalação de órgão de segurança, na Venezuela.

Jonatan é natural de Ijuí, no Rio Grande do Sul, e formado em design gráfico. Mora atualmente em Los Angeles, na Califórnia. "Ele foi ingênuo em se posicionar contra o que estava vendo". Segundo o governo venezuelano, sem muitos detalhes, o brasileiro embarcou para Miami.

As informações sobre a localização de Jonatan e seu estado de saúde foram as primeiras divulgadas pelo Itamaraty desde sua prisão.

O Consulado-Geral do Brasil em Caracas entrou em contato com as autoridades policiais venezuelanas expressando preocupação e pedindo informações sobre a presença do cidadão brasileiro na Venezuela, bem como sua situação jurídica e autorização para visita consular, nos termos da Convenção de Viena sobre Relações Consulares, da qual os dois países são signatários.

Related news