Astronauta japonês nega ter crescido 9 centímetros e pede desculpas pelo erro

Astronauta japonês nega ter crescido 9 centímetros e pede desculpas pelo erro

Astronauta japonês nega ter crescido 9 centímetros e pede desculpas pelo erro

O astronauta explica que existiu um erro nas mediações: afinal cresceu apenas dois centímetros, um valor que se encontra dentro de os padrões normais.

Isso ocorre por causa da ausência da gravidade terrestre.

"Bom dia a todos". Tivemos os nossos corpos medidos após chegarmos ao espaço, e uau! Segundo um tweet da sua autoria, cresceu nove centímetros em três semanas, o que colocava o regresso à Terra em risco.

"Meu quadril e costas não doem, então eu acho que não cresci 9 centímetros". "Isto não acontecia desde os tempos do ensino secundário". Ele usou seu perfil no Twitter para relatar que está preocupado com a possibilidade de não caber mais na Soyuz.

A Soyuz realmente tem limitação de tamanho nos assentos, que são moldados para a altura original de cada astronauta.

Costa diz que ministra da Justiça deu uma "opinião pessoal"
O pior deste clima é que dificilmente teremos uma avaliação desapaixonada do trabalho de Joana Marques Vidal. O mandato, de seis anos, termina no próximo mês de outubro.

Colisão deixa 32 desaparecidos no mar da China
Sua tripulação, composta por 21 pessoas, todas de nacionalidade chinesa, já foi resgatada, segundo as autoridades. A mídia estatal CCTV mostrou imagens do petroleiro incendiado e da fumaça escura.

Windows 10 Mobile gets Spectre and Meltdown protection with new Cumulative Update
Meanwhile Google has said that Android devices running the very latest security updates are already protected against the flaw. However, it noted that specific impact will vary by the age of the hardware and implementation by the chip vendor.

O crescimento dos astronautas costuma ser temporário: eles podem voltar à altura normal depois de retornar à Terra.

Um dia depois da publicação que o tornou notícia em quase todo o mundo, Kanai, que está no espaço para uma missão de seis meses, desculpou-se pela informação errada.

"Nove centímetros é muito, mas é possível" disse ontem Libby Jackson, da Agência Espacial do Reino Unido, à BBC News. "Existe uma variedade de crescimento e as pessoas respondem de forma diferente", explicou. Antes de estrear como astronauta, ele era médico da Marinha japonesa. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral poderão ser denunciados, acarretando até mesmo na perda da conta.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Related news