Trump refaz programa espacial e coloca Lua como prioridade

Trump refaz programa espacial e coloca Lua como prioridade

Trump refaz programa espacial e coloca Lua como prioridade

"A diretriz que estou a assinar hoje irá reorientar o programa espacial dos Estados Unidos sobre exploração e descoberta humana, marcando o primeiro passo no retorno dos astronautas norte-americanos à Lua, pela primeira vez desde 1972", afirmou Trump, numa cerimónia na Casa Branca. O plano é que o satélite da Terra sirva de base para uma futura missão tripulada a Marte. "O espaço tem muitas aplicações, inclusive aplicação militar", disse ainda o presidente.

O anúncio desta directiva desta segunda-feira, porém, assenta num discurso de continuidade com a estratégia anterior, argumentando que uma ida à Lua deve ser vista como um passo fundamental para uma ida a Marte, mas a verdade é que as tecnologias necessárias para o fazer - e em apenas três anos - estão longe de estar maduras, não havendo sequer ainda uma definição sólida de missão. Não foi divulgada qualquer mudança no orçamento anual da Nasa e nem datas previstas para novas missões tripuladas ao astro mais próximo da Terra. "Isso marca o primeiro passo para enviar novamente astronautas americanos para a Lua, pela primeira vez desde 1972, para exploração de longo prazo e uso".

Decisão de Trump não é conforme resoluções da ONU — Embaixadores
Os palestinianos querem ter como capital de um futuro Estado da Palestina o setor oriental da cidade, anexado por Israel. Para hoje estão convocadas novas manifestações de protesto em Jerusalém Este, Belém e outras cidades cisjordanas.

Maracayeros participaron masivamente en cierre del registro del CDLP
En los otros cuatro municipios (Chacao, Baruta, El Hatillo y Sucre) la batalla es distinta. Con el Carnet de la Patria se registra en la puerta y luego puede votar.

Ministro Antônio Imbassahy pede exoneração do governo
O presidente pediu ao ministro Antonio Imbassahy , do PSDB da Bahia, que permaneça na função até a transmissão oficial do cargo ". O nome do deputado Carlos Marun (PMDB-MS) já circula no Palácio do Planalto como provável substituto na Secretaria de Governo .

O porta-voz acrescentou que Donald Trump está a seguir as indicações do Conselho Espacial Nacional e que o presidente quer "mudar a política das viagens espaciais para humanos da nação para ajudar a América a tornar-se a força condutora na indústria espacial, ganhar novo conhecimento sobre o cosmos e impulsionar tecnologia incrível".

Related news