OCDE revê em alta crescimento de Portugal até 2019

OCDE revê em alta crescimento de Portugal até 2019

OCDE revê em alta crescimento de Portugal até 2019

O Banco de Portugal e a Comissão Europeia têm uma visão bastante mais pessimista em relação à capacidade da economia de sustentar um ritmo de crescimento elevado nos próximos anos. No OE 2018, o Governo aponta para um crescimento no próximo ano de 2,2%. As estimativas anteriores eram de 4,8% para este ano e 3,7% no próximo ano.

Quanto a Portugal, a OCDE está convencida da força da retoma da economia nacional, pois pelo segundo relatório consecutivo reviu significativamente em alta as previsões de crescimento do PIB nacional, colocando-o agora a avançar a um ritmo superior a 2% em 2017, 2018 e 2019.

Ainda no relatório, a OCDE sugeriu que o Brasil reduza barreiras comerciais de maneira a fortalecer a concorrência e a inovação e afirmou que a atual política fiscal precisa garantir o ajuste no médio prazo sem ameaçar a recuperação econômica.

Para 2018, a previsão é de aumento da riqueza em Portugal de 2,3 por cento, enquanto nos países do Euro será de 2,1.

A primeira casa de Harry e Meghan
Assim como Kate Middleton e Diana , Meghan não ganhará oficialmente o título de princesa, pois não tem "sangue real". Já seu irmão, William , e a duquesa de Cambridge, Kate Middleton , afirmaram que "estão empolgados" com a notícia.

Fiat Cronos: rival do VW Virtus terá motores 1.3 e 1.8
A Fiat não divulgou por enquanto nenhuma foto do interior do Cronos , mas espera-se que seja idêntico ao do irmão hatch. Haverá opções de câmbio manual, automatizado GSR (o antigo Dualogic) e automático de seis velocidades (para o 1.8).

Temer tem quadro estável e previsão de alta para segunda-feira
Segundo Kalil, o procedimento foi um sucesso, e Temer se comportou bem. Ele passou por uma bateria de exames antes da angioplastia .

A zona do euro teria resultados melhores do que os Estados Unidos em 2017, com crescimento de 2,5% (+0,3%), mas cairia a 2,3% (+0,2%) no ano que vem.

Neste ponto, a OCDE consegue até ser mais optimista que o Governo e prevê uma redução na taxa de desemprego para os 9,1% este ano, 8,2% no próximo e 7,4% no seguinte.

A economia alemã deve ainda crescer 1,9% em 2019, na avaliação da entidade.

Related news