Boicote pode ter tirado Gigi Hadid do desfile da Victoria's Secret

Boicote pode ter tirado Gigi Hadid do desfile da Victoria's Secret

Boicote pode ter tirado Gigi Hadid do desfile da Victoria's Secret

Um porta-voz da Victoria's Secret se negou a comentar o caso.

A saída de Gigi Hadid está relacionada com um polémico vídeo que publicou no início deste ano no seu Instagram, em que surgia divertida ao lado de alguns amigos com um biscoito em forma de Buda, imitando a pose do símbolo da cultura asiática. "Consideradas ofensivas e racistas, as imagens gravadas e publicadas em fevereiro pela irmã de Gigi, Bella Hadid, provocaram uma reação on-line sete meses depois e receberam inúmeras críticas nas redes sob a hashtag "#GigiGetOutChina" (Gigi, saia da China, em português). Amo a minha família Victoria's Secret e estarei com todas as minhas miúdas em espírito! Mal posso esperar por ligar a televisão e ver um desfile lindo.

O tão aguardado desfile da marca de lingerie realiza-se na próxima segunda-feira, dia 20, e será transmitido na CBS, no dia 28 de novembro.

Mugabe faz primeira aparição pública após militares assumirem Zimbábue
Nesta sexta-feira (17), o Zimbábue proibiu a entrada de jornalistas estrangeiros. "Não há volta para Mugabe". A imprensa estatal publicou nesta sexta-feira um comunicado indicando que as conversações "prosseguem".

Submarino militar argentino desaparecido com 44 pessoas a bordo
Também colabora um avião especial da Nasa que se encontra Ushuaia (extremo sul) em missão científica e que se somou às buscas. Entre a tripulação está Eliana Maria Krawczyk, de 34 anos, a primeira mulher a chefiar as operações de um submarino.

Exército do Zimbabué coloca Mugabe sob custódia e toma controlo da capital
O presidente da vizinha África do Sul, Jacob Zuma, afirmou ter sido contactado por Mugabe, que afirmou estar "confinado à sua casa, mas que passava bem".

Katy Perry teria tido o visto negado por ter usado um vestido brilhante com girassóis em uma apresentação em Taiwan, em 2015, de acordo com o site "Page Six". Sua roupa terminou causando uma indignação generalizada porque o girassol foi adotado no ano anterior por manifestantes anti-China. A cantora também mostrou uma bandeira de Taiwan durante o espetáculo, exibindo, desta forma, o seu apoio ao país, que luta com a China para obter a independência.

"Para todo artista que pretende cantar na China, as autoridades vasculham suas redes sociais e o que foi falado sobre ele na imprensa para saber se algum dia fez algo que ofendesse ao país". As modelos russas Irina Sharipova, Julia Belyakova e Kate Grigorieva, bem como a ucraniana Dasha Khlystun não terão conseguido os vistos necessários para viajar para a China.

Related news