Após gasolina atingir recorde, Petrobras sobe preço mais uma vez

Após gasolina atingir recorde, Petrobras sobe preço mais uma vez

Após gasolina atingir recorde, Petrobras sobe preço mais uma vez

O preço da gasolina fechou esta semana em alta, com um aumento de 1,43%. O diesel, por outro lado, terá queda de 0,2%.

De acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP), na semana anterior a gasolina bateu recordes ao subir 2,6%e ultrapassar o preço médio de R$ 4 em todo o país.

Ainda nesta semana, a Petrobras anunciou um aumento no preço da gasolina nas refinarias de 1%. Conforme cálculos de Rilton Brum, sócio da Corretora Elite, desde 3 de julho, quando houve o primeiro ajuste desta nova fase, até 23 de novembro, o preço da gasolina acumulava alta de 28%. Com isso, o produto chegou ao terceiro recorde semanal consecutivo.

Assista Flamengo x Júnior Barranquilla nesta quinta pela Sul-Americana
Com muita emoção, drama e suor, o Flamengo venceu de virada a primeira partida da semifinal da Copa Sul-Americana. Ainda assim, fica tudo em aberto para o segundo jogo previsto para a próxima quinta-feira para Barranquilla.

Sport vence o Fluminense por 2x1 e deixa temporariamente o Z-4
Com a vantagem dilatada no placar, o Sport recuou em demasia, permitindo que a equipe carioca gostasse da partida. No próximo dia 3 de dezembro, o time joga pela permanência na elite contra o campeão Corinthians, em Recife.

Egito: Ataque em mesquita na península do Sinai faz 270 mortos
Apesar do ataque não ter sido reivindicado, acredita-se que foi perpetrado por um grupo afiliado ao Estado Islâmico na região. Em um dos atentados mais sangrentos, pelo menos 21 soldados morreram em um posto de controle de tráfego em 7 de julho.

As altas, que somam cerca de 7% em dois dias, vêm em meio a uma nova política de preços da estatal que prevê mudanças até diárias das cotações, em um momento em que a companhia tem prometido praticar preços alinhados ao mercado internacional e ao mesmo tempo se esforça para evitar perda de participação no mercado doméstico de combustíveis.

Em entrevista ao GP1, o tesoureiro do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado do Piauí (SINDIPETRO-PI), José Couto, afirmou que o reajuste superior a R$ 0,10 é, na verdade, a soma de vários aumentos acumulados, que são reajustados diariamente, mas não são repassados ao consumidor final da mesma forma.

Related news