Raquel Dodge pede ao STF para ouvir Temer sobre decreto dos portos

Raquel Dodge pede ao STF para ouvir Temer sobre decreto dos portos

Raquel Dodge pede ao STF para ouvir Temer sobre decreto dos portos

Na decisão, o ministro Luís Roberto Barroso reconheceu que a investigação geraria "ônus pessoal e político" para Temer, mas frisou que "este é o preço imposto pelo princípio republicano, um dos fundamentos da Constituição brasileira, ao estabelecer a igualdade de todos perante a lei e exigir transparência na atuação dos agentes públicos". Além disso, ela destacou que pretende concluir essa e outras diligências em até 60 dias.

Em postagem na sua conta no Twitter, o presidente Michel Temer elogiou a postura da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, por solicitar ao Supremo Tribunal Federal (STF) autorização para ouví-lo no inquérito relativo a um suposto favorecimento da empresa Rodrimar. Antônio Celso Grecco e Rodrimar Ricardo Conrado Mesquita, respectivamente, dono e diretor da Rodrimar, também são investigados. Loures, que foi assessor especial da Presidência, estava grampeado. A defesa de Rocha Loures vai se manifestar depois de ser notificada. A PGR também quer os registros de entrada no Palácio do Planalto dos citados na investigação. Agora, coisa de umas horas atrás chegou uma informação, através do senador Wellington, que já teria sido assinado o decreto dos portos, não sei se é verdade ou não.

O inquérito para investigar o presidente Michel Temer pelas suspeitas envolvendo a empresa Rodrimar foi aberto em setembro.

Читайте также: Carille prepara titulares do Timão e relaciona 22 para enfrentar Cruzeiro

Em outro inquérito do qual Temer é alvo, relatado pelo ministro Edson Fachin, foi permitido ao presidente da República prestar depoimento de forma escrita, embora o benefício seja assegurado ao ocupante do cargo somente nos casos em que ele é testemunha, e não investigado.

A defesa de Rodrigo Rocha Loures declarou que ele era auxiliar do presidente e não um lobista, e negou que o ex-deputado tivesse feito qualquer pedido em favor da Rodrimar. A Rodrimar, assim como seus executivos, estão, como sempre estiveram, à disposição das autoridades para qualquer esclarecimento que se fizer necessário. A primeira, por corrupção passiva, foi barrada pela Câmara dos Deputados em agosto. Dessa vez, o presidente Temer foi denunciado por obstrução de Justiça e organização criminosa.

При любом использовании материалов сайта и дочерних проектов, гиперссылка на обязательна.
«» 2007 - 2017 Copyright.
Автоматизированное извлечение информации сайта запрещено.

Код для вставки в блог

Related news