Imprensa internacional também já reagiu à acusação de Sócrates

Imprensa internacional também já reagiu à acusação de Sócrates

Imprensa internacional também já reagiu à acusação de Sócrates

Os advogados de José Sócrates reagiram nesta quarta-feira à acusação do antigo primeiro-ministro, considerando-a "infundada, insensata e insubsistente", repetindo que surge depois de terem sido "largamente ultrapassados todos os prazos da lei".

O empresário e amigo de Sócrates Carlos Santos Silva foi acusado de 33 crimes, entre os quais corrupção passiva de titular de cargo político, corrupção ativa de titular de cargo político, branqueamento de capitais, falsificação de documento, fraude fiscal e fraude fiscal qualificada e o ex-presidente do BES Ricardo Salgado de corrupção ativa de titular de cargo político, corrupção ativa, branqueamento de capitais, abuso de confiança, falsificação de documento e fraude fiscal qualificada.

Os factos em investigação tiveram lugar entre 2006 e 2015.

Acresce que CARLOS SANTOS SILVA, tendo em vista receber outros montantes destinados a JOSÉ SÓCRATES disponibilizou sociedades por si detidas para receber quantias provenientes do Grupo LENA, com base em pretensos contratos de prestação de serviços.

O documento refere ainda que José Sócrates "conluiado com Armando Vara", que era na altura administrador da Caixa Geral de Depósitos (CGD), também recebeu pagamentos com origem em receitas desviadas do grupo Vale de Lobo.

Italianos pressionam pela extradição de Cesare Battisti
O ministro Luiz Fux é relator do caso Battisti na Corte e está com o pedido de habeas corpus. Ele escapou da prisão em 1981 e fugiu para a França.

"O futebol não está assim tão diferente" — Heynckes apresentado
Recorde-se que o Bayern vai, este sábado, jogar pela primeira vez desde o despedimento de Ancelotti. Até o meu cão ladrou duas vezes, o que significa que eu tinha mesmo de voltar", confidenciou.

Estudo do comportamento na tomada de decisões rende Nobel de Economia
Segundo a Real Academia Sueca de Ciências, Thaler, 72 anos, foi laureado por causa de seus estudos sobre economia comportamental . A organização do Nobel ressaltou que o americano foi escolhido "por suas contribuições para a economia comportamental ".

E remeteram para o Ministério Público, porque é "opinião" dessa entidade, a questão dos alegados 34 milhões de euros que José Sócrates terá recebido a troco de favorecimentos.

Esses fundos foram, igualmente, utilizados para aquisição de imóveis, obras de arte, pagamento de viagens, aquisições de exemplares do livro de JOSÉ SÓCRATES e para fazer chegar dinheiro a pessoas das relações deste arguido. O imóvel foi adquirido com um financiamento bancário garantido por CARLOS SANTOS SILVA, suportado nos fundos trazidos da Suíça.

Quanto a Ricardo Salgado, os procuradores sustentam que o banqueiro determinou que fossem feitos pagamentos a Zeinal Bava e Henrique Granadeiro, na altura na administração da PT, agindo "em conformidade com interesses definidos por Ricardo Salgado para o BES enquanto acionista da PT".

Nem o socialista Sócrates nem seus advogados estavam disponíveis para comentar, mas ele negou qualquer irregularidade em muitas ocasiões, afirmando que as acusações têm motivações políticas.

Este esquema passava pela produção de um contrato promessa de compra e venda de um edifício em Angola.

Related news