Estudo do comportamento na tomada de decisões rende Nobel de Economia

Estudo do comportamento na tomada de decisões rende Nobel de Economia

Estudo do comportamento na tomada de decisões rende Nobel de Economia

A organização do Nobel ressaltou que o americano foi escolhido "por suas contribuições para a economia comportamental". Thaler estabeleceu uma ponte entre economia e psicologia para mostrar uma "análise mais realista de como pessoas pensam e se comportam quando tomam decisões econômicas", afirmou.

"É um pioneiro em integrar psicologia e economia", disse um dos membros do painel na apresentação do vencedor do prémio.

Thaler deu importância a uma ideia de economia na qual indivíduos são sutilmente guiados a comportamentos benéficos sem necessidade de severa compulsão, tema de um livro de 2008 que ele coescreveu e que chamou atenção de responsáveis por políticas econômicas em todo o mundo.

Segundo a Real Academia Sueca de Ciências, Thaler, 72 anos, foi laureado por causa de seus estudos sobre economia comportamental.

Mais duas crianças vítimas de ataque a creche recebem alta
Ludmila Cristine, de 6 anos, e Arthur Gabriel Soares Souza, de 4 anos, receberam alta médica. Os outros pacientes a tragédia estão internados em hospitais espalhados por Belo Horizonte.

Furacão Nate se enfraquece e vira tempestade tropical nos EUA
Na América Central, Costa Rica, Nicarágua e Honduras foram os países mais golpeados pelo Nate . Só na América Central, o " Nate " fez pelo 25 mortos.

Hamilton quebra recorde e faz pole inédita no GP do Japão
Fernando Alonso, Carlos Sainz e Jolyon Palmer trocaram peças do motor e largam em 20º, 19º e 18º, respectivamente. No entanto, o alemão é um dos pilotos que mais vezes conquistou a etapa de Suzuka, com quatro vitórias.

Thaler, que é professor na Universidade de Chicago, é um dos nomes de referência neste campo de estudo, sendo algumas vezes referido como "pai da economia comportamental".

Thaler desenvolveu a teoria da contabilidade mental, explicando como as pessoas simplificam a tomada de decisões financeiras criando contas separadas em suas mentes, enfocando o impacto de cada decisão individual e não seu efeito geral. Thaler foi um dos fundadores do campo das finanças comportamentais, que estudam como as limitações cognitivas influenciam os mercados financeiros. Ele mostrou, por exemplo, como a preocupação dos consumidores impedem que as empresas aumentem os preços em períodos de grande demanda, mas não em épocas de alta dos preços.

O Nobel de Economia é o último concedido este ano. De acordo com ele, a tentação a curto prazo é uma razão importante pela qual os planos de economizar para a velhice, ou fazer escolhas de estilo de vida mais saudáveis, muitas vezes, falham. Em seu trabalho, Thaler demonstrou que o cutâneo - um termo que ele inventou - pode ajudar as pessoas a exercer melhor seu autocontrole ao economizar para a aposentadoria assim como em outros contextos.

Related news