Estado Islâmico manipula imagem de Messi para ameaçar Copa de 2018

Estado Islâmico manipula imagem de Messi para ameaçar Copa de 2018

Estado Islâmico manipula imagem de Messi para ameaçar Copa de 2018

A imagem de Lionel Messi, jogador do Barcelona e da seleção argentina, está a ser usada numa campanha de terror contra o Mundial de Futebol do próximo ano. O Wafa Media Foundation usou uma imagem de Messi para insinuar que estaria sendo planejados atentados para o Mundial de 2018. A imagem foi descoberta pela ONG SITE Intel Group, especializada em monitorar a comunicação de grupos terrorista através de mídias sociais.

O Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB, na sigla em russo), por sua vez, excluiu a possibilidade de ameaças diretas à segurança durante a Copa de 2018 que o país sediará.

A imagem mostra o craque atrás de grades, com roupa de prisioneiro e um dos olhos sangrando, ao lado da frase "Você está lutando contra um Estado que não tem 'fracasso' em seu dicionário'". Um pouco à sua direita, um conjunto de explosivos. A frase deste cartaz dizia: "Inimigos de Alá (Deus) na Rússia, juro que o fogo dos mujahedins queimará vocês".

Confira as fotos: Famosos marcam presença na 24ª edição do Prêmio Multishow
A cantora de Paradinha pagou peitinho durante a sua performance e virou o assunto mais comentado da noite de ontem na internet. Pabllo Vittar foi a vencedora da Fiat Argo Experimente , que revela um nome que se destacou no cenário nacional no último ano.

Abe promete 'medidas contundentes' contra Coreia do Norte após reeleição
Até por conta disso, ele dissolveu o Parlamento e convocou as eleições antecipadas deste domingo. Uma centena de milhões de eleitores foram chamados a renovar os 465 lugares da assembleia.

Corte no orçamento prejudica fiscalização do trabalho escravo
Segundo Temer, nova portaria poderá criar, dentro da Polícia Federal, uma delegacia específica para crimes de trabalho escravo, assim como já existe para crimes previdenciários e trabalhistas.

O Wafa também é o autor de um artigo publicado há pouco tempo em que estimulava os "lobos solitários" no Ocidente a atacarem em massa, como aconteceu no tiroteio de Las Vegas, que matou 59 pessoas e deixou mais de 500 feridos.

Em julho, o Intelligence Group denunciou que o EI estaria planejando ataques terroristas no torneio de Wimbledon.

Related news