Portimonense: Lumor e Hackman nos eleitos para visita ao Dragão

Portimonense: Lumor e Hackman nos eleitos para visita ao Dragão

Portimonense: Lumor e Hackman nos eleitos para visita ao Dragão

O FC Porto deu nesta sexta-feira mais uma demonstração de força, ao derrotar o Portimonense por 5-2, no Estádio do Dragão.

Também no sábado, o tetracampeão em título Benfica, a cinco pontos dos líderes, recebe o Paços de Ferreira, na tentativa de acabar com uma série de três jogos sem ganhar, um na Liga dos Campeões (1-2 com o CSKA Moscovo), um na I Liga (1-2 no Bessa) e outro na Taça da Liga (1-1 com o Sporting de Braga).

Os 'dragões' cedo construiram uma vantagem confortável no marcador, chegando aos 3-0 com golos de Marcano (20 minutos), Aboubakar (23) e Marega (26), tendo os visitantes reduzido ainda antes do intervalo, por Nakajima (36).

E passados apenas três minutos, foi a vez de Aboubakar. Brahimi aproveitou uma assistência de Marega e não deu hipóteses a Ricardo Ferreira.

Nas oitavas da Sul-Americana, Corinthians cai e Fla goleia
Não teve expulsão, mas teve uma briga entre o meia Carlos Alberto e o técnico Emerson Leão, que desestabilizou o time. Como cedeu o empate por 1 a 1, no Itaquerão, acabou sendo eliminado com um empate sem gols na Argentina.

Eliana posta a primeira foto com a filha em casa: 'Na paz'
Isso porque, após uma gravidez de risco, a famosa deu à luz a Manuela com bastante saúde. A bela também já é mãe de Arthur - do casamento com João Marcello Bôscoli -, de 6 anos.

Fora do Rock In Rio, Anitta planeja próprio festival de música
Anitta , entretanto, não descarta a possibilidade de se apresentar no Rock in Rio Lisboa: "tudo é conversável". Ela disse que não iria mudar sua essência e, que se fosse pra ser assim, não haveria acordo.

Na segunda parte, o FC Porto entrou pressionante e não precisou de muito mais para aumentar a vantagem. O Portimonense, depois de assustar o Benfica na Luz, chega à Invicta depois de uma vitória sobre o Feirense, com um bis de Shoya Nakajima, um jogador interessante para seguir esta noite.

E talvez porque lhe tivesse tomado o gosto, foi novamente Brahimi a fazer o gosto ao pé, uma jogada em que a bola passou em carrocel por quatro jogadores, até sobrar para o argelino, que, desta feita, na direita fez o golo da mão cheia.

Com este resultado, o FC Porto passa a somar 21 pontos e isola-se provisoriamente na liderança da Liga. O máximo que a equipa de Vítor Oliveira conseguiu foi reduzir para 5-2, por Rúben Fernandes, aos 74'.

Related news