Ministro Fachin retira sigilo de conversa entre delatores da JBS

Ministro Fachin retira sigilo de conversa entre delatores da JBS

Ministro Fachin retira sigilo de conversa entre delatores da JBS

Tal pedido foi impulsionado pela suspeita dos investigadores do MPF de que os delatores ligados à empresa tenham escondido informações da Procuradoria-Geral da República.

Em mais uma reviravolta da delação da JBS, os delatores Joesley Batista e Ricardo Saud afirmaram, em nota, que uma áudio entregue por eles que compromete quatro ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) não narra fatos verídicios.

O advogado disse ter conversado nesta segunda-feira (4) com Temer logo após Rodrigo Janot anunciar a investigação que vai apurar se houve omissão por parte dos executivos que fecharam o acordo.

O áudio explosivo, que pode levar à anulação dos benefícios de delatores e até da própria delação do grupo, foi incluído num rol de novos documentos que a defesa entregou na quinta-feira (31).

Atualizado em 05/09/2017 07h14Temer foi denunciado em junho com base nas provas levadas à época ao Ministério Público.

Capcom anuncia Resident Evil 7 Gold Edition
Segundo a descrição, este conteúdo tem lugar após os eventos de Resident Evil 7 e também incluirá novos inimigos. Conseguirá Chris mais uma vez desvendar o mistério desta nova epidemia e sair vivo do subterrâneo da plantação?

Simeone tem um novo contrato com o Atlético de Madrid
O clube espanhol fez o anúncio oficial do acerto na manhã desta terça-feira, através de suas redes sociais. Simeone chegou ao Atlético de Madrid em 23 de dezembro de 2011 para substituir Gregorio Manzano.

Em depoimento, Odebrecht diz que Lula sabia de conta de propina
Antes de começar o depoimento, as defesas de Lula e de Branislav Kontic voltaram a pedir a Moro a suspensão do depoimento. Os advogados de Lula também recorreram à segunda instância para suspender o andamento dos depoimentos.

O embate entre Temer e o procurador-geral teve início em maio deste ano, por causa da delação premiada dos executivos da JBS. Joesley completa dizendo que ele e seus executivos eram "a joia da coroa deles". O Marcelo [Miller] já descobriu e já falou com o Janot: 'Ô, Janot, nós temos o cara [Joesley], nós temos o pessoal que vai dar todas as provas que nós precisamos'.

Em comunicado da PGR (leia abaixo), a comunicação teria sido entre Joesley Batista, um dos donos da JBS, e Ricardo Saud, executivo da empresa.

"Eu verifico que esse episódio de ontem, 5, que foi difundido de forma transparente pelo Excelentíssimo Sr. procurador-geral da República, revelou que esses partícipes do delito, que figuraram como colaboradores, eles ludibriaram o Ministério Público, eles degradaram a imagem do País no plano internacional, eles atentaram contra a dignidade da Justiça e eles revelaram a arrogância dos criminosos do colarinho-branco", afirmou Fux.

O ex-procurador foi contratado logo depois de deixar o Ministério Público Federal (MPF) para atuar no escritório Trench, Rossi & Watanabe, responsável na época por negociar os termos da leniência da JBS. Em julho, Miller foi desligado do escritório. Saud reage com um pouco mais de dúvida, mas Joesley o contesta reafirmando que está calmo porque sabe exatamente o que está se passando nas investigações.

Saud: Você acha que o Marcello [Miller] tá levando tudo pra ele? A clara contenção dos ministros pode ser compreendida diante da expectativa da manifestação da presidente do STF, que falará em nome da instituição.

Related news