"Tem gente que quer parar o Brasil", afirma Temer

"Tem gente que quer parar o Brasil", afirma Temer

Na China, o Presidente brasileiro também fará uma visita de Estado, irá reunir-se com empresários, em Pequim, e participará ainda, em Xiamen, na IX Cimeira dos BRICS (bloco que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).

"Esperamos que a China esteja interessada nas privatizações que vamos conduzir e que possamos trazer capital para o Brasil", disse Temer ao canal de televisão estadual CCTV da China, "isso seria muito útil para nós". A lista inclui rodovias, portos e a concessão de aeroportos, incluindo o terminal de Congonhas, em São Paulo. Em Pequim, está prevista a assinatura de acordos em áreas como infraestrutura, saúde, cultura e tecnologia.

Michel Temer inicia hoje uma visita oficial à República Popular da China. No fim de semana, o presidente foi alvo de alguns protestos por causa de sua decisão de extinguir uma reserva mineral (a Renca) e liberar a exploração na região, localizada nos Estados do Amapá e Pará.

Na conversa, o presidente também afirmou que o Brasil, assim como a China, tem feito reformas acentuadas, citando como exemplo a PEC do Teto e a reforma trabalhista. "Temos uma relação comercial com os chineses - e isso precisa ser mantido", reforçou. O Chefe de Estado brasileiro vai participar na cimeira dos BRICS, mas viaja para o Continente com um objectivo em mente: atrair investidores chineses para o maior plano de privatizações lançado por Brasília em mais de vinte anos. "Nessa perspectiva, o Brasil renovará seu engajamento nas atividades do Novo Banco de Desenvolvimento", disse o porta-voz da presidência da República, Alexandre Parola.

Deputado quer apurar como empresas souberam antes de extinção de reserva
Conhecida como Renca , a reserva, de cerca de 4 milhões de hectares, fica na divisa dos estados do Amapá e Pará. A área, segundo o governo, tem potencial para exploração de ouro e minerais como ferro e manganês.

Palmeiras vence São Paulo e mantém rival na zona da degola
Após atendimento da equipe médica, o atacante tricolor foi levado da arena de ambulância. O treinador mesmo já declarou que a "reação está demorando para acontecer".

EUA provocam Coreia do Norte a lançar mísseis balísticos — Parlamento russo
O presidente norte-americano, Donald Trump, ainda não comentou o novo lançamento da Coreia do Norte. Segundo a Reuters , um dos mísseis explodiu pouco depois de ser lançado.

Em um vídeo divulgado nas redes sociais, nesta terça-feira (29), o presidente Michel Temer afirmou que "tem gente que quer parar o Brasil".

Janot já apresentou denúncia por corrupção passiva contra Temer há dois meses, mas a denúncia foi barrada pela Câmara.

Questionado sobre uma eventual nova denúncia, nesta segunda (28), o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse que o governo está preparado para "enfrentar" a denúncia política e juridicamente.

Temer falou sobre o descrédito na política e nos políticos por parte da população.

Related news