Primeiro-ministro deposto indica aliado Abbasi como interino — Paquistão

Primeiro-ministro deposto indica aliado Abbasi como interino — Paquistão

Primeiro-ministro deposto indica aliado Abbasi como interino — Paquistão

Desta forma, o partido governante Liga Muçulmana Paquistanesa deve escolher um primeiro-ministro interino para substituir Sharif até a próxima eleição, que está marcada para abril de 2018.

Nawaz Sharif, 67 anos, renunciou ao cargo de primeiro-ministro na sexta-feira após o Tribunal Supremo do Paquistão decidir inabilitá-lo devido ao seu envolvimento em empresas sediadas em paraísos fiscais, denunciado pela investigação "Panama Papers". Agora, o mandatário deverá ser formalmente julgado pelas suspeitas de que sua família tem vínculos com empresas em paraísos fiscais.

Em suma, por mais bizarro e inusitado que isso possa parecer, a simpática e agora bastante popular fonte Calibri foi a grande pivô da queda de um primeiro-ministro.

Sharif descreveu o caso como vingança política do líder opositor Imran Khan, e afirmou que o veredicto é um abuso de poder por parte do Judiciário.

Ele também destacou que a corte não provou nenhuma corrupção ou desvio de dinheiro público depois de meses de investigações derivadas das revelações dos "Panamá Papers", vazados ano passado, de que seus filhos estavam ligados a empresas offshore.

Governo recua de parte do aumento de impostos sobre etanol
No entanto, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, foi alertado pelo setor de que a mudança teria extrapolado os limites. Cabe lembrar que o tributo do combustível estava sob regime de subsídio até a semana passada, sem incidência do PIS/Confins.

"Comissões da Caixa são das mais baixas do mercado" — Paulo Macedo
A CGD destaca que os resultados permitem "antever boas perspetivas de cumprimento dos objetivos fixados para o final de 2017". As imparidades do crédito também contribuíram positivamente para os resultados, já que recuaram 82%, para 55 milhões.

Rezende explica o motivo de ter abandonado quimioterapia: "Deus soberano mandou"
O jornalista se afastou do comando do jornal "Cidade Alerta ", da TV Record, por estar com câncer no fígado e pâncreas. No post do vídeo, há comentários como "Continue firme, Marcelo, porque Deus está contigo".

Shabbaz Sharif deverá apresentar a sua candidatura na circunscrição eleitoral deixada vaga pelo seu irão na sequência da sentença do Supremo Tribunal. O partido de Sharif, que tem maioria no parlamento, escolherá seu sucessor, mas quem quer que assuma não terá um trabalho fácil pela frente: até hoje, nenhum primeiro-ministro paquistanês ficou até o fim do mandato.

Um dia antes, um importante aliado de Sharif acusou membros do Exército de estarem envolvidos na saída de Sharif.

Sharif nega as acusações, mas respeitou a decisão e renunciou ao cargo.

Shahbaz Sharif, 65, é irmão de Nawaz e principal ministro da vasta província de Punjab, que representa mais de metade dos 190 milhões de habitantes do Paquistão.

Related news