Gatlin festeja ouro nos 100m e vitória sobre Bolt: 'É surreal'

Gatlin festeja ouro nos 100m e vitória sobre Bolt: 'É surreal'

Gatlin festeja ouro nos 100m e vitória sobre Bolt: 'É surreal'

Justin Gatlin colocou ontem, nos Mundiais de atletismo a decorrer em Londres, termo ao domínio de Usain Bolt nas finais de 100 metros. Como já virou um costume nas corridas do jamaicano, ele teve um desempenho na largada pior que os rivais. Com 9s95, ele acabou superado pela dupla dos Estados Unidos.

O norte-americano Justin Gatlin foi o campeão mundial dos 100 metros rasos ontem, com a marca de 9s94. A última oportunidade de assistir à lenda das pistas em ação será no mesmo dia, às 17h50, horário de Brasília, na final. Mas nas últimas edições da competição, vinha sendo batido, tanto que foi medalhista de prata em 2013 e 2015. Entretanto, desde as eliminatórias ele teve um resultado abaixo do esperado e já reclamava dos blocos de partida, que ele considerou o pior que já tinha visto.

Hackers invadem rede da HBO e roubam episódios de 'Game of Thrones'
Por anos a HBO tem travado combates no meio virtual para evitar que segredos da produção de Game of Thrones fossem distribuídos ilegalmente.

Neymar release clause payment rejected by LaLiga
Brazilian soccer star Neymar has signed a five-year contract with Paris Saint-Germain, the club said in a statement. Has the Neymar deal been done? He will bring a very positive energy to this club.

Evangelina Rosa alerta para importância do aleitamento materno
A Tabela de Classificação Mundial foi publicada no início da Semana Mundial do Aleitamento Materno . As palestras serão realizadas em seis unidades e contemplarão cerca de 150 gestantes, no total.

Como a internet nunca perdoa, no Twitter Usain Bolt virou Trending Topics, sendo um dos assuntos mais comentados do momento.

Apesar de todos os ouros nas provas de 200m, o jamaicano decidiu não competir nessa distância no Mundial de Londres para se dedicar exclusivamente aos 100m. Afinal, ele vai compor a equipe do revezamento 4x100 metros da Jamaica, quando vai, de fato, deixar o atletismo, na final que está agendada para o próximo sábado. Mas, assim como todo o estádio, reverenciou Bolt, ajoelhando-se na frente do jamaicano multicampeão e ainda dono do recordo mundial da prova (9,58).

Related news