Tiroteio em empresa nos EUA deixa 4 mortos; atirador se suicidou

Tiroteio em empresa nos EUA deixa 4 mortos; atirador se suicidou

Tiroteio em empresa nos EUA deixa 4 mortos; atirador se suicidou

O porta-voz da UPS, Steve Gaut, disse à AP que o atirador abriu fogo dentro das instalações antes de os motoristas da empresa saírem para as entregas diárias de encomendas.

A polícia ordenou que os vizinhos e funcionários da empresa buscassem refúgio, enquanto respondia ao chamado de emergência na parte da manhã.

No Twitter, a polícia confirmou o tiroteio, mas não disse se alguém havia morrido.

A polícia não determinou ainda o motivo na origem dos acontecimentos.

Cunha depõe à PF em inquérito que investiga Temer
O presidente nega as acusações, diz que não teme delações e afirma que jamais atuou para beneficiar a JBS no governo. A investigação apura se o peemedebista cometeu os crimes de corrupção, obstrução de Justiça e organização criminosa.

De volta ao Brasil, Joesley depõe sobre repasses a Lula e Dilma
O juiz da operação, Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal do Distrito Federal, autorizou que Joesley fosse avisado com antecedência. Na colaboração, Joesley acusou Temer de receber propina da JBS.

Marcelo Rezende abandona quimioterapia e faz tratamento alternativo contra câncer
Marcelo Rezende desistiu de fazer o tratamento de quimioterapia, considerado o mais eficiente no combate ao câncer . A intenção é fazer com que as células cancerígenas 'morram de fome', já que não terão glicose para se alimentarem.

Testemunhas que vivem nas proximidades do armazém da UPS relataram que ouviram entre sete a oito tiros disparados de seguida e viram um grupo de trabalhadores da empresa a fugir do local.

Andrew não conseguiu especificar quantas vítimas foram levadas ao hospital, assim como não se manifestou sobre as condições de saúde dos pacientes.

No depósito onde o incidente ocorreu trabalham 850 funcionários. Também isolaram o entorno do estabelecimento, que fica a cerca de 4 km do centro de San Francisco.

Related news