Atropelamento em Londres deixa um morto e dez feridos

"Este governo agirá para impedir ideologias extremista e odiosas".

A premiê do Reino Unido, Theresa May, afirmou que irá realizar na manhã desta segunda-feira uma reunião de emergência para responder ao ataque.

"Todas as vítimas fazem parte da comunidade muçulmana", disse Neil Basu, subcomandante da Scotland Yard, numa conferência de imprensa na capital britânica, citado pela Lusa. Ele acabou rendido por pessoas que estavam próximas ao templo.

O mesmo responsável revelou que, de momento, a polícia acredita que o ataque junto à mesquita de Finsbury Park, no norte de Londres, foi levado a cabo por apenas um homem, que conduziu uma carrinha contra um grupo de fiéis que abandonavam o local de culto, depois de finalizar as suas orações. Segundo May, ele agiu sozinho.

Testemunhas citadas pelos media também indicaram que a carrinha branca investiu contra um grupo de fiéis de propósito.

"Esta caminhonete veio para cima da gente". Então esse homem saiu da van, e eu o peguei. "Ao mesmo tempo, ele ia dando murros", relatou.

Parada do Orgulho LGBT deve reunir cerca de 3 milhões de pessoas
Naiara Azevedo , Lorena Simpson , Márcia Freira (ex-Cheiro de Amor) e uma atração especial misteriosa também estão confirmadas. O percurso será de aproximadamente 3,5 km, saindo da Avenida Paulista e seguindo pela Rua da Consolação.

Na lanterna, Atlético-PR encara xará goiano em duelo direto contra rebaixamento
Além disso, o jogador ficará sem jogar pelos próximos 20 dias para fazer um programa especial de emagrecimento dentro do clube. O Atlético-PR venceu o Atlético-GO por 1 a 0 neste sábado, no Estádio Olímpico, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro .

Discurso de Trump rompe com reaproximação histórica iniciada por Obama
De acordo com fontes da Casa Branca, permanecerão ativos os acordos que permitem às companhias aéreas e de navegação dos EUA aterrarem e atracar em Cuba.

Outra testemunha, Abdikadar Warfa, contou como ele ajudou a deter o suspeito enquanto seus amigos socorriam novas vítimas que ficaram feridas. Ele estava sangrando e meu amigo me disse que era preciso levantar o veículo. "Eu estava ocupado com o homem que tinha tentado escapar", disse. "Eu não vi o agressor, embora ele tenha sido preso, mas eu vi a van".

A mesquita de Finsbury Park já foi associada à ideologia islamista radical no passado.

Além disso, o prefeito pediu aos londrinos, em declaração, que mantenham a "calma" e permaneçam "vigilantes" enquanto se esclarece este incidente.

"Enquanto isto aparenta ser um ataque a uma comunidade específica, como os terríveis ataques em Manchester, Westminster e London Bridge, também é um atentado contra todos nossos valores compartilhados de tolerância, liberdade e respeito". Sadiq Khan, que é muçulmano, chamou o atropelamento "terrível ataque terrorista". Duas pessoas foram atendidas com ferimentos leves. "Mas é muito cedo para dizer se a sua morte foi resultado desse ataque", afirmou Basu.

Segundo a polícia, o motorista da van, um homem de 48 anos, está preso. A polícia disse que o motorista foi detido pela multidão até a chegada dos agentes. Uma pessoa morreu e oito ficaram feridas com gravidade.

Caso seja confirmado como terrorismo, será o terceiro atentado em menos de três meses na cidade, com um saldo de 14 mortos na cidade. O número de crimes de ódio aumentou exponencialmente após o ataque da ponte de Londres.

Related news