Moro ajudou a solidificar a liderança de Lula — Auler

Moro ajudou a solidificar a liderança de Lula — Auler

Moro ajudou a solidificar a liderança de Lula — Auler

O despacho foi publicado no sistema eletrônico da Justiça Federal do Paraná antes das 6h da manhã. Já as defesas poderão apresentar as conclusões até o dia 20 de junho. Ação que condenou o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, por exemplo, foi decidida um dia após a última alegação ser juntada.

PHA ainda criticou a exibição do vídeo, no "Fantástico", em que Moro pede para que os manifestantes pró-Lava Jato não compareçam para protestar durante os depoimentos de Lula. O petista, no entanto, negou irregularidades.

Seja pelo conteúdo, seja pela discutível idoneidade, que será tratada por meio dos procedimentos jurídicos adequados, os papéis juntados ontem (15/05) por Léo Pinheiro na Ação Penal nº 5046512-94.2016.4.04.7000/PR nada provam contra o ex-Presidente Lula.

Segundo a denúncia da Lava Jato, em fevereiro de 2014, Léo Pinheiro solicitou a Fábio Yonamine, então presidente da OAS Emprrendimentos que o apartamento 164-A do Condomínio Solaris fosse preparado 'com sua limpeza e retoques na pintura' para a visita de Lula. A acusação terá até dia 2 de junho e a Petrobras, que assiste a acusação, terá até 6 de junho. Procuradores e policiais federais dizem que esses indícios fornecem elementos para aprofundar apurações de novos crimes.

As negativas de Moro e a fixação dos prazos ocorrem cinco dias depois do primeiro encontro do ex-presidente com o juiz em Curitiba. "Bom, isso tenho anotado na minha agenda", afirmou o empreiteiro. Há registros de seis encontros entre o empreiteiro e o ex-tesoureiro petista João Vaccari. Moro também negou o pedido.

Em um ponto torcedores de Lula e adversários dele concordam: Moro não decretará a prisão do ex-presidente. Em março daquele ano, a Lava Jato havia chegado a Lula. Para cuidar das coisas da OAS - disse o ex-presidente.

Papa já está em Portugal para participar de centenário em Fátima
João Batista e sua esposa, Lucila Yurie, se apresentaram para a imprensa, sem seu filho Lucas , no santuário católico de Fátima . Maria Rita, que esteve no santuário 28 horas, insistia que esta peregrinação "era mais especial".

Itaú fecha acordo para comprar participação na XP Investimentos
Ao mesmo tempo, ainda se defende do avanço de um competidor com grande potencial de estrago, de acordo com analistas. A alternativa, porém, acabou não se mostrando a melhor estratégia para acompanhar o ritmo de crescimento da XP.

Bruxelas "satisfeita" com trajetória do défice português, decisão "em breve" - Moscovici
Nas previsões de inverno, a Comissão acreditava que a economia portuguesa avançaria apenas 1,6% este ano e 1,5% no próximo ano. O dinheiro injetado na Caixa é também a razão apontada para o aumento da dívida publica em 2016 (130,4%).

O MPF, por sua vez, havia apontado três nomes para serem interrogados.

Lula é acusado pelo Ministério Público Federal de receber R$ 3,7 milhões em benefício próprio - de um valor de R$ 87 milhões de corrupção - da empreiteira OAS, entre 2006 e 2012.

Na decisão, o magistrado afirmou que Lula "se defende contra fatos objetivos". Em troca, a empresa seria beneficiada em contratos com a Petrobras. "Estas são as condições para destravar acordos de delação, conforme denúncias feitas por órgãos de imprensa".

A defesa do ex-Presidente também disse que a decisão tomada pelo juiz Sérgio Moro de não ouvir as novas testemunhas "contém erros factuais", pois todos os endereços das testemunhas complementares estão nas duas últimas folhas da petição protocolada. Para o advogado, eles "falaram sem o compromisso de dizer a verdade".

No teatro das sombras Lula projeta uma imagem para além do quadro institucional ao afirmar que prefere ser julgado pelo povo e não pela justiça.

Related news