Fábio Coentrão acusado de 'desviar' 1,29 milhões de euros do fisco espanhol

Fábio Coentrão acusado de 'desviar' 1,29 milhões de euros do fisco espanhol

Fábio Coentrão acusado de 'desviar' 1,29 milhões de euros do fisco espanhol

O diário conta ainda no mesmo artigo que Radamel Falcao, atualmente no Mónaco e ex-jogador do Atlético Madrid, é acusado de defraudar o fisco espanhol em quase seis milhões de euros, entre 2012 e 2013. Ambos não foram presos porque as condenações foram abaixo de dois anos para a primeira infração criminal como é usual na Espanha.

O jogador do Real Madrid terá recorrido a três sociedades nas Caraíbas para cobrar o dinheiro que recebeu proveniente de contratos publicitários. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida. O avançado, que esteve no Atlético Madrid entre 2011 e 2013, é acusado de ocultar mais de 5,5 milhões de euros. Segundo a acusação, Coentrão "assinou um contrato em que simulava a cedência dos direitos de imagem à sociedade Roddin Company INC, cujo domicílio fiscal está na cidade do Panamá, na república do Panamá".

Gabriel Jesus marca de pênalti na vitória do City sobre o Leicester
No próximo domingo, o City visita o Watford, às 11h (de Brasília), no Vicarage Road, pela última rodada da Premier League . O Leicester também volta a campo no meio da semana, na quinta, para o confronto contra Tottenham , no King Power Sadium.

Djokovic avança às semifinais em Madri por desistência de Nishikori
O confronto ficou empatado em 40 games iguais e Nadal conseguiu mais um match-point e conseguiu a vitória por 6/4. A liderança é de Jimmy Connors, com 109, seguido por Ivan Lendl, com 94, e Federer, também ainda jogando, com 91.

Nova Operação da Polícia Federal mira contratos do BNDS
Por meio de nota, o BNDES informou que está buscando informações sobre a operação da PF e dando apoio aos seus empregados. O grupo J&F é controlador de marcas conhecidas como Havaianas, Banco Original e o frigorífico JBS.

De acordo com as informações disponíveis, Coentrão e Falcao são acusados de terem defraudado a Hacienda em perto de sete milhões de euros, face à omissão de verbas relativas a direitos de imagem.

Segundo o Football Leaks, lembra o jornal O Jogo, o internacional português nunca terá apresentado qualquer declaração de rendimentos desde que chegou a Madrid, em 2011.

Related news